PROCESSOS DE BRITAGEM

Na Pedreira Triângulo, o depósito de basalto abrange uma área de 3 há e sua vida útil é estimada em 20 anos.

O processo produtivo se inicia realizando a decapagem da rocha, que consiste na retirada do solo que cobre a rocha, este solo é transportado para bota-espera para futuramente ser utilizado na recuperação da área degradada.

Após isto é realizada a perfuração da rocha, em furos de 75 mm de diâmetro e 12 metros de profundidade conforme especificação do plano de fogo. Na sequencia é feito a detonação utilizando explosivo do tipo emulsão bombeada.

As detonações são realizadas obedecendo ao plano de fogo realizado por responsável técnico e tendo um monitoramento nos níveis de ruído e vibração via sismografias, obedecendo as normas da ABNT quanto aos níveis máximos permitidos.

Após o desmonte, um rompedor hidráulico acoplado a uma escavadeira faz a fragmentação dos matacos.

Após isto escavadeira hidráulica faz a carga do material e os caminhões basculantes abastecem a unidade primária.

A unidade primária é composta por britador de mandíbula, que faz o desmonte da pedra com diâmetro máximo de 800 mm para 120 mm.

Na sequencia vem a britagem secundária composta por britadores cônicos e peneiras que fazem o processamento do material, sendo feito o desmonte da pedra de 120 mm de diâmetro máximo para 25 mm, posterior vem a classificação do material.

A britagem terciária é composta por britador de impacto vertical e peneira, ele é alimentado com brita lamelar de 25 mm a 4,8mm e o transforma em material cubico de 19 mm abaixo, onde posteriormente é classificado por peneira. A capacidade total da planta é de 120 ton/hora.

Rodovia SC 303 - km 47
Ibicaré - Linha Triângulo - Interior
Cep: 89.640-000

(49) 3538-0281 | 3527-7984

Todos os direitos reservados - 2015